Portugal M&A

Moving forward
after COVID-19

A pandemia de COVID-19 teve um forte impacto nas economias Portuguesa e mundial, como previsto.
O mercado de fusões e aquisições (M&A) teve várias reações:

O cancelamento imediato de transações, suspensão de algumas, retomadas meses depois, e ainda o adiamento de outras. Esta situação levou a uma diminuição do número de transações em Portugal de 21% entre abril de 2020 e março de 2021 (Primeiro Ano de Covid-19), comparativamente a 2019, ano em que ocorrera um aumento de 26% do número de transações, relativamente a 2018.

Apesar da acentuada queda do número de transações, entre abril de 2020 e março de 2021, o valor acumulado das transações de M&A em Portugal cresceu 15% relativamente a 2019, o que revela um país no caminho da recuperação.

+ 0 %
Atividade de M&A
cresceu em valor
- 0 %
Atividade de M&A diminuiu
em número de transações

M&A em Portugal |
Impacto nos Setores mais Relevantes

Apesar da queda de 36% no valor agregado de transações no primeiro ano de COVID-19 em relação a 2019, o setor energético é, claramente, o que apresenta o melhor desempenho nos últimos anos em transações de M&A. O setor tecnológico, o único do top 4 do setores mais relevantes em valor transacionado que regista um aumento (+40%), revela o dinamismo de uma economia cada vez mais digital, mas também do ecossistema de startups Português.

O impacto do primeiro ano de COVID-19 no valor de M&A nos Quatro Setores Mais Ativos em Portugal (€m)

COVID-19 | Setores Emergentes

Durante a pandemia, surgiram oportunidades que destacaram alguns setores. O setor da Agricultura, Agribusiness e Pesca registou um aumento de 2.122% no valor de transações entre abril de 2020 e março de 2021 (primeiro ano de COVID-19), comparativamente a 2019.

Agricultura,
Agribusiness
e Pesca
0 %
Farmacêutico,
Parafarmacêutico
e Cosmética
0 %
Infraestruturas
0 %

Previsões M&A
Tendências para o Futuro

O ano de 2021 tem sido marcado por um otimismo prudente por parte dos investidores. Existem riscos a considerar, como os possíveis retrocessos na gestão da pandemia ou as alterações do quadro macroeconómico. De acordo com os dados mais recentes publicados pelo TTR, o 3º trimestre de 2021 revelou um tendência decrescente no número de transações e um aumento do seu valor global, em oposição ao que temos registado até então. Irá esta tendência manter-se em 2022?

Leia o relatório completo

Consulte os dados mais relevantes do setor de M&A em Portugal